segunda-feira, 21 de março de 2016

TURNING LEAF - CALIFÓRNIA VINEYARDS



Minha experiência com esta marca começou qdo recebi 2 garrafas (um Pinot Noir e um Cabernet Sauvignon) pelo ClubeW (www.wine.com.br) que assino há alguns anos. Lendo o rótulo percebi que era um vinho Californiano e pensei que jamais seria bom já que, na minha cabeça, a Califórnia não tinha tradição em fazer vinhos. 
No primeiro gole já vi que estava totalmente errada: um vinho leve, fácil de beber e harmonizar, com aroma e sabor bem suaves. 


Foto: turningleaf.com
Dei uma pesquisada e vi que na Califórnia existem várias vinícolas e que eles têm sim tradição no assunto. Desde a década de 70 qdo eles bateram em “testes cegos” organizados em Paris as várias vinícolas famosas da França, caíram no gosto dos apaixonados pela bebida. 

O Turning Leaf Pinot Noir foi o primeiro californiano que bebi, depois experimentei o Cabernet Sauvignon e gostei muito tb, até mais do que o Pinot Noir!


Foto: Meu Instagram
Depois de ter gostado dele, descobri que esta marca é premiada em 4 edições de seus vinhos, vejam em seguida (O TL mostra no site deles edições em 5 uvas: Branco – Chardonnay e Pinot Grigio | Tinto – Cabernet Sauvignon, Merlot e Pinot Noir)

Turning Leaf Chardonnay 2008
Concurso Internacional de Vinhos do Novo Mundo de 2010 Jerry Mead 

Turning Leaf Cabernet Sauvignon 2008
2010 Florida State Fair

Turnig Leaf Merlot 2008
2010 Concurso San Francisco International Wine

PINOT GRIGIO 2009
"Melhor Compra", Wine Enthusiast , novembro 2010

No www.wine.com.br não tem nenhuma edição disponível da marca mais, tenho procurado pela internet e só encontro em sites de lá por aproximadamente US$8,00. 
Fico sempre de olho tentando encontrar ele mais fácil pra comprar, eles estão fazendo muita falta na minha adega!

Nenhum comentário:

Postar um comentário