quarta-feira, 5 de outubro de 2016

SOBRE "OUTUBRO ROSA" E VINHO ROSÉ

Olá!
Aproveitando a campanha Outubro Rosa, tive a ideia (a partir de um e-mail promocional da Wine que recebi) de fazer um post sobre vinhos rosés.


Sobre a campanha...
O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença.


Voltando aos vinhos...


"Rosés são vinhos com características de brancos, mas feitos de uvas tintas, recebendo durante sua elaboração uma pequena quantidade de componentes de vinhos tintos (cor, taninos), o que modifica bastante sua estrutura gustativa.

O resultado são vinhos delicados como os brancos, porém com sabores típicos de tintos, o que os capacita a acompanhar pratos mais estruturados, onde um vinho branco ficaria leve demais.

Existem várias formas de se produzir um vinho rosé, variando em qualidade conforme o processo.

1. UVAS TINTAS
Vinificação em rosé
Maceração curta (em torno de 24 hs.) com remoção precoce das cascas
Temperaturas de fermentação baixas (15 a 20 ºC)

2. MISTURA DE UVAS TINTAS E BRANCAS
Pouco utilizado devido à dificuldade de controle do resultado, neste método misturam-se uvas brancas com pequena quantidade de uvas tintas, as quais são fermentadas juntas.

3. CORTES (ASSEMBLAGES) DE VINHOS TINTOS E BRANCOS
Este método permite ao enólogo pleno controle do resultado final, pela mistura de vinhos brancos e tintos após elaborados em separado. Os grande Champagnes rosés são produzidos desta forma.


4. SANGRIA DE TANQUE
Nos vinhos tintos, é prática comum fazer uma sangria, que consiste em retirar parte do líquido do fundo do tanque, antes da fermentação, visando concentrar a presença dos componentes sólidos (que sobem ao topo do tanque) das uvas esmagadas (polpa, cascas) e assim obter vinhos mais encorpados.

O líquido da sangria é rosado, formado pelo suco fresco da polpa das uvas, com a leve presença de cores e taninos resultante da maceração das cascas. Normalmente estes vinhos não apresentam boa qualidade, sendo apenas um sub-produto aproveitado." www.academiadovinho.com.br 

Eu não era muito fã desse tipo de vinho, mas experimentei alguns que me fizeram mudar de ideia. 








Os preços variam de R$ 29,90 a R$ 95,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário