terça-feira, 24 de janeiro de 2017

OS VINHOS E OS JOVENS: UMA NOVA E PROMISSORA RELAÇÃO

Esses dias eu estava lendo alguns sites e blogs sobre vinhos e me deparei com uma matéria muito interessante do blog "Viva o Vinho" que foi ao ar em dezembro de 2016 a respeito do interesse dos consumidores jovens pelo vinho.


Resolvi compartilhar o assunto com vocês e, para não perder nenhuma informação, vou colocar a matéria na íntegra (ela foi escrita pelo Publicitário Pietro Coelho). 

Espero que gostem!

"Quando se fala em vinho, muitas pessoas logo imaginam um ambiente sofisticado, frequentado por pessoas mais velhas, com uma experiência de vida que lhes permite apreciar a bebida e tudo o que ela tem a oferecer. No entanto, este cenário está gradualmente mudando, com um crescente interesse do público jovem pela cultura do vinho.

De acordo com uma pesquisa realizada em 2015 pela Wine Market Council com pessoas dos 21 aos 38 anos nos Estados Unidos, 159,6 milhões de caixas de vinho foram destinadas ao público jovem, representando 42% do vinho consumido no país naquele ano. Além disso, dois terços dos apaixonados por vinho são mulheres, o que também chama a atenção nessa faixa etária, tendo em vista que, de acordo com o mesmo estudo, após os 38 anos o consumo entre os dois sexos fica equilibrado.

A tal da Geração Y, ou Millenials, está no radar dos produtores de vinho por diversos motivos. Em primeiro lugar, é importante lembrarmos que esse consumidor não costuma ter um poder de compra elevado, buscando vinhos mais acessíveis. Em ocasiões especiais, em vez de gastar em um vinho de mais qualidade, acabam optando por um diferente, feito com uma uva ou processo atípicos.

'Os produtores vêem no público jovem uma oportunidade de mercado para inovar e vender vinhos mais simples em maior escala.'


Além disso, por estarem sempre conectados, esses jovens acabam compartilhando informações e opiniões sobre os produtos, servindo como feedback e possibilidade de se enxergar novos mercados e oportunidades. Um exemplo é vinho em lata, uma nova forma de embalagem que visa atender a necessidade desse público, que tem o costume de se reunir para festas e churrascos com maior frequência, necessitando de um formato mais prático para o transporte e consumo.
Outro ponto a ser considerado por esse novo público é o fator saúde. O vinho possui menos açúcares e teor alcoólico do que os destilados pesados, também muito consumidos pelos jovens. 

Isso, aliado ao fator social e econômico, além de toda a aura de glamour proporcionada pela cultura do vinho, acaba atraindo muito mais o público a experimentar a bebida e mudar seus hábitos.

É emocionante ver a cultura do vinho se espalhando dessa forma, quebrando antigos paradigmas de que o vinho é uma bebida cara, a ser apreciada somente por pessoas mais velhas. A popularização da bebida pelos jovens nos mostra que ainda há espaço para inovar e crescer, e isso vem ocorrendo não apenas nos Estados Unidos, como mostrou o estudo, mas no mundo todo." 

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

BRANCOS E ROSÉS PRA FECHAR 2016

Olá! 
Nesse calorão que está fazendo, confesso que não estou muito no "clima" pra vinho tinto... desta forma, nesse final de ano só deu vinho branco e rosé bem gelado!!!!

Antes do Natal provei com o marido e cunhados um rosé português e um branco argentino que foram excelentes escolhas:


O rosé Português é o Herdade da Comporta 2014, produzido com as uvas Castelão e Aragonez.
Preço médio de R$ 85,00 (wine.com.br).

Já o branco é o Argentino Doña Paula Estate 2015, produzido com a uva Riesling. 
Preço médio R$ 89,00 (wine.com.br).

Na noite de Natal optei pela dica da minha amiga Júlia (que participou do "Amigos do taças" conosco, reveja o post aqui) e comprei o vinho Verde Português Casal Mendes para provar: ele é levemente frisante ("vinho de agulha" é a expressão que caracteriza o vinho com essas mini borbulhinhas), foi uma surpresa bem agradável. Preço (no Verdemar em BH): R$ 39,00.


Depois no Natal, Laura e eu compramos um rosé pra experimentar e gostamos bastante, o Carmenére Chileno Apaltágua Reserva 2015. Preço: R$ 34,90 (Supermercado ABC em Boa Esperança, MG).


quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

ACHADO! ESPUMANTE ARGENTINO DELICIOSO COM PREÇO MAIS AINDA!

Ei pessoal, tudo bem?

Hoje tenho uma diquinha ótima pra quem gosta de espumantes! No amigo oculto do trabalho eu ganhei um espumante delicioso. Tão gostoso que resolvi comprar mais pra levar pro sítio onde passei o réveillon pra tomar umas tacinhas na piscina.

Foto tirada no dia do amigo oculto.

É o Inacayal Brut. Ele é argentino, de Mendoza. Existem outras vinhos com outras castas neste rótulo, vou querer experimentar. 

Ele tem um final bem suave, mas o "brut" é bem presente. Uma delícia pra tomar geladinho na piscina como eu fiz! E sabem o que é melhor ainda? O preço: No SuperNosso aqui em BH ele custa R$25,90! Virou meu queridinho!