quarta-feira, 7 de junho de 2017

AMIGOS DO TAÇAS - JÚLIO MOSCARDINI

Oi!
O AMIGOS DO TAÇAS deste mês (primeiro de 2017!) é o nosso querido primo Júlio Moscardini. A indicação dele na verdade é da leitura de uma matéria da Revista Encontro: "Vinhos brasileiros ganham prêmios em Londres graças a uma tecnologia criada em Minas". 

Laura, Júlio e Andréa

Ele ressalta que nunca experimentou esse vinho, mas está em busca dele para degustar e prestigiar nossa terra! 
Júlio, muito obrigada pela sua colaboração no Taças e vamos marcar de degustar esse rótulo juntos, o que acha?

Voltando ao post...

Foto: www.vinhosmariamaria.com.br

Coincidentemente falamos de vinhos mineiros na semana passada neste post aqui, e agora viemos com intuito de, com muito orgulho, dizer que um dos vinhos brasileiros premiados pelo Decanter Word Wine Awards 2017 (categoria Bronze) é daqui de Minas Gerais, o "Maria Maria Bel Sauvignon Blanc 2015" da cidade de Três Pontas, Sul de Minas.

Foto: Facebook/vinhosmariamaria

"Dos 27 vinhos brasileiros participantes da premiação, cinco são elaborados com a tecnologia da dupla poda, desenvolvida pelo Núcleo Tecnológico Uva e Vinho da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), em Caldas, no sul do estado".

Quem quiser ver a matéria completa, basta acessar a página da revista: revistaencontro.com.br 

quinta-feira, 1 de junho de 2017

VINÍCOLAS DE MINAS

Olá! 
Vocês já devem ter percebido que amamos um vinho mineiro, não é mesmo? Porém, só degustamos até hoje o Dom de Minas (várias vezes e em quase todas as suas diversidades), da vinícola Luiz Porto. Você pode rever o post sobre eles aqui.


Estávamos lendo agora uma matéria um pouco mais completa sobre os vinhos de Minas e resolvemos compartilhar na íntegra com vocês. É do site blog.turismodeminas.com.br 

Parreiras em Andradas - MG

Vem ver:

"Você já ouviu falar em enoturismo? É o turismo motivado pela apreciação e degustação dos sabores e aromas de vinhos. E essa prática não é exclusividade da região sul do país, em Minas Gerais também é possível encontrar roteiros e desfrutar desta experiência.
Muitos dos produtores que estão à frente dessas vinícolas são descendentes de imigrantes italianos e herdaram a paixão e o apreço pelas bebidas provenientes das uvas.
Listamos algumas vinícolas de Minas Gerais, que são abertas para visitação dos turistas. Tim tim!

Luiz Porto – Cordislândia
Uma moderna vinícola que associa espaço e tecnologia na elaboração de vinhos finos. A vinícola conta com excelente estrutura com tanques em aço inox, barricas de carvalho francês e americano e todo maquinário importado da Itália, conseguindo processar as uvas totalmente, desde o vinhedo até o engarrafamento. A visita é realizada mediante agendamento e os turistas podem conhecer o processo, passear a cavalo pelos vinhedos, degustar e ainda adquirir as garrafas na loja.
luizportovinhosfinos.com

Primeira Estrada – Três Corações
A Primeira Estrada é a união da paixão por bons vinhos e o desejo de inovar no segmento. Os vinhos seguem um rigoroso critério de qualidade incluindo o desenvolvimento das mudas nas videiras. As visitas na adega são mediante agendamento.
 www.primeiraestrada.com.br

Casa Geraldo – Andradas
A produção e a história da vinícola passa de geração para geração. Durante a visita guiada os turistas podem conhecer a vinícola e participar da degustação. A vinícola também oferece curso de degustação com duração de um dia, no qual os participantes são orientados por enólogos para aprender o passo-a-passo da arte da degustação, além de noções básicas de cultivo de uva e elaboração dos vinhos.
www.casageraldo.com.br

Maria Maria – Três Pontas
A fazenda cafeeira divide espaço com as mudas para a produção de vinho. A vinícola está aberta à visitação dos turistas mediante agendamento, e é possível degustar os exemplares produzidos. No local há também um restaurante onde os turistas podem desfrutar de um almoço harmonizado.
www.vinhosmariamaria.com.br

ABN – Andrelândia
A vinícola está na Serra da Mantiqueira, e além das mudas tradicionais produzidas na região traz outros tipos como a pinot noir, syrah, cabernet franc, sauvignon, seibel e goethe. As visitas devem ser agendadas e podem ser degustados até seis vinhos.
www.vinicolabn.com.br

Dos Montes – Santana dos Montes
Os vinhos são produzidos na Fazenda Guarará com uvas do parreiral da propriedade. O turista pode passear pela plantação e degustar as variedades merlot, shiraz, cabernet franc e tempranillo numa adega intimista, com barris e garrafas na decoração, e meia luz. O dono da vinícola tem também o Hotel Fazenda da Chácara, onde os hóspedes podem tomar os rótulos produzidos na Fazenda Guarará distantes 6 km dali.
hotelfazendadachacara.com.br